Total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Telinha...


Mídia

Litoral Norte na TV

 


O Litoral Norte sempre teve assuntos dos mais variados para a TV. Como jornalista de vários jornais de São Paulo, do Vale do Paraíba e do Litoral Norte, além de cobrir o dia-a-dia da região, sempre escrevi sobre assuntos interessantes, entre eles, o naufrágio do navio Príncipe das Astúrias (Ilhabela), da rebelião ocorrida no presídio de Ilha Anchieta (Ubatuba), da laranja favorita do rei George, da Inglaterra (Caraguá), das riquezas naturais e das pesquisas feitas em Alcatrazes (São Sebastião). A região é bastante rica em folclore, causos, lendas...Ultimamente, tenho reparado que as televisões a cabo andam se interessando um pouco mais pela nossa região. Tenho visto documentários maravilhosos sobre a vida caiçara, na costa de São Sebastião ou nas ilhas que compõem o arquipélago de Ilhabela; e, a história da fazenda dos Ingleses, em Caraguá. Esses documentários deveriam ser exibidos na TV aberta ou a cabo. Recentemente, teve enorme audiência o documentário produzido pelo canal History Chanel, a série Verão da Lataque retratou o verão de 87/88, quando apareceram no litoral brasileiro e principalmente, aqui no Litoral Norte, milhares de lata de leite em pó, contendo maconha em seu interior. O assunto foi tema de livros, de músicas e de filme, mas apenas em dezembro (22 anos depois...) passado chegou a TV. Vejo com tristeza, às vezes, programas de TV, como o Jornal Hoje, da Globo, que em rede nacional, em suas edições de sexta-feira, mostra praias maravilhosas do Norte e Nordeste, como opção de turismo. Raramente, que me lembre, vi divulgarem alguma de nossas maravilhosas praias. Não sei qual é o critério...Temos praias em São Sebastião, Caraguá, Ubatuba e Ilhabela tão lindas como as existentes no Norte e Nordeste. Temos praias e ilhas famosas: Maresias, em São Sebastião; e, Itamambuca, em Ubatuba, são dois exemplos. As TVs precisam redescobrir o Litoral Norte. Não sei se o jornalistas responsáveis pelas pautas ( estadual e nacional) conhecem bem a nossa região, nosso turismo, nosso folclore, nossas lendas, nossos causos, nossas histórias... Não sei, se as assessorias de imprensa das Prefeituras tem contato com os editores das TVs que cobrem a região e sugerem pautas...Sei que as TVs cobrem o verão...Praias lotadas, trânsito congestionado, hotéis lotados...É preciso mostrar outros assuntos, mais interessantes. Há muitos anos a cobertura é a mesma. Neste verão, deram sorte, pois o Gabriel Medina conquistou o título mundial de surfe...Aos poucos a TV a Cabo vai ocupando o lugar das TVs abertas e explorando assuntos interessantes do Litoral Norte. É o que vai fazer a Discovery Chanel que colocará 20 de seus profissionais na região para produzir uma série, com seis episódios que mostrará a historia, os causos, a beleza e as muitas estórias de nossa querida Ilhabela. A série deverá se exibida n o final deste ano ou no início de 2016. Vamos aos poucos conquistando espaço na TV a cabo...        

 

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

City Tour


Política

                                    A vez do turismo



Praia Martim de Sá
Caraguá recebeu e ainda recebe turistas de todos os cantos do país e do mundo. Na minha avaliação, a cidade nunca recebeu tanta gente. Nesta temporada, boa parte dos turistas visitou a cidade pela primeira vez e ficou encantada. A maioria destacou a infra-estrutura encontrada na cidade, o que a diferencia das demais cidades turísticas. O que mais chamou a atenção: uma orla a beira mar das mais modernas, ruas e avenidas pavimentadas, boa iluminação, sensação de segurança, praias e praças limpas, bons hotéis, diversificada gastronomia (bons restaurantes) e entretenimento para todas as idades (atividades desportivas, shows, feira de artesanato, shoppings, comércio diversificado e opções de lazer). Os turistas que visitaram a cidade pela primeira, pelo menos, com os que conversei, afirmaram que Caraguá superou e muito o Guarujá e outras cidades a beira mar. Acredito que sim. Isso só foi possível graças ao trabalho desenvolvido pelo prefeito Antonio Carlos. Até mesmo, a melhoria dos acessos, como a duplicação da rodovia dos Tamoios, teve participação importante do prefeito. Há muitos anos, por volta de 1998, questionava o prefeito Antonio Carlos sobre a falta de investimento, por parte da prefeitura, na divulgação turística da cidade. O prefeito justificava na época; temos que melhorar a infra-estrutura da cidade, melhorar as condições do município para nossos moradores, veranistas e turistas. Segundo ele, naquela ocasião, o município ainda não tinha condições ideais para promover o turismo: as ruas e avenidas eram reduzidas e muitas ainda não possuíam calçamento ou pavimentação; as pontes eram de madeira e, quando chovia, o tráfego ficava interrompido; a cidade tinha pouca iluminação e, a orla, ainda não tinha sido revitalizada. Nos feriados e, no verão, Caraguá enfrentava congestionamentos e falta de água, constantemente. Antonio Carlos entendia que se a prefeitura fizesse uma divulgação turística- naquela época, isso poderia ser visto como uma propaganda enganosa. Tinha razão o prefeito. Antonio Carlos se empenhou em transformar a cidade, como já contei aqui antes, transformando-a de “patinho feio” à “cidade de melhor infra-estrutura do litoral paulista”. Hoje, segundo os próprios turistas, Caraguá, supera e, em muito, as cidades vizinhas situadas no litoral norte e sul. Valeu a iniciativa e o esforço do prefeito.

Prefeito, Alckmin e o vice, Júnior
Agora, chegou o momento de se investir ainda mais no turismo e na sua divulgação. Antonio Carlos tem projetos para a orla do Massaguaçu; para revitalização dos pontos turísticos(Camaroeiro, Prainha e Martim de Sá); recursos para deixar a cidade com cerca de 90% de pavimentação; através da Sabesp, teremos cerca de 75% de moradias com esgoto tratado e coletado; deve vir aí a guarda municipal, para melhorar ainda mais a segurança dos moradores, veranistas e turistas; deve começar também as obras do hospital regional...Poucas cidades  turísticas contarão com tantos investimentos....A partir daí poderemos fazer uma divulgação turística em parceria com as associações de hotéis e comercial para atrair cada vez mais visitantes ao nosso município e, o melhor, ao longo de todo o ano. O empenho do prefeito na melhoria dos acessos, entre eles, a duplicação da rodovia dos Tamoios e a futuramente, a rodovia Rio-Santos, foi fundamental para o crescimento do turismo na região. Neste ano teremos vários feriados prolongados. Tudo indica que receberemos muitos visitantes. Isso gera aumento de arrecadação para o município, aumenta a rentabilidade dos comércios e crescem as oportunidades de emprego, beneficiando a nossa população.

7 milhões de turistas no Litoral Norte

O jornal O Vale, publicou, recentemente, uma matéria destacando que o turismo é a bola da vez na região do Vale e Litoral Norte. E que, o Vale do Paraíba( e também o Litoral Norte) está no alvo das principais operadoras do país. A região do Vale e Litoral Norte, recebe cada vez mais visitantes e é apontado pela Embratur como uma das principais áreas com potencial turístico do Brasil.
Por ano, a região recebe em torno de 41 milhões de turistas, sendo que 18 milhões frequentam o circuito religioso, em cidades como Aparecida, Cachoeira Paulista, Guaratinguetá e Lorena. E que, a Serra da Mantiqueira e o Litoral Norte são os locais mais procurados depois dos destinos religiosos, com 5 e 7 milhões de visitantes por ano, respectivamente. Segundo avaliação feita por um consultor do Sebrae: o circuito religioso e o turismo de montanha e de praia estão mais consolidados, mas os setores de turismo histórico e ecológico têm bastante espaço para crescer. No Vale, que tem um PIB de R$ 57 bilhões, o turismo responde por R$ 15,8 bilhões, o que representa 31% do total. A expectativa é que a atividade turística regional siga, nos próximos anos, o crescimento registrado no país, de 76% entre 2002 e 2012. Segundo o jornal, dos 41 milhões de turistas que se destinam ao Vale, cerca de 7 milhões se destinam as cidades do Litoral Norte. É gente prá caramba...E, isso, poderá aumentar ainda mais, caso além das prefeituras, também o Estado, coloque em prática uma política séria para o turismo, principalmente, no Litoral Norte. Alckmin fez, apesar de muitos anos de atraso, a duplicação da Tamoios. Foi de grande importância, beneficiando as cidades da região. Em Caraguá, tudo o que temos, principalmente, em termos de infra-estrutura, deve-se a iniciativa e, ao empenho, do prefeito Antonio Carlos da Silva.       

 
Água

       Vai crescer o número de veranistas e turistas

As recentes informações confirmam a séria crise hídrica enfrentada na capital e interior. Na capital, deve haver rodízio: dois dias com água e cinco dias, sem. Nos meses de novembro e dezembro, recebemos muitos veranistas e turistas. O pessoal comentava que “eles” vinham para cá para poder “lavar a roupa”. Se isso era verdade, imagine agora...Caso seja confirmado o rodízio na capital, milhares de pessoas(veranistas) vão aproveitar suas casas de veraneio em nossa região para fugir da falta de água. Ficar sem água em pleno verão é complicado...A Sabesp do Litoral Norte fez um excelente trabalho e conseguiu atender a demanda de moradores e turistas na temporada. Não tivemos problema com a água...Esperamos que, caso os moradores da capital e do interior “fujam”  para o Litoral Norte, em busca de água, que não haja prejuízos aos nossos moradores. Ao contrário da capital e de cidades do interior, abastecidas por mananciais, nossa água vem das nascentes da serra...   

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Coca Beach


Marketing na praia

   Coca Cola fará ação promocional em Caraguá.

O Litoral Norte recebe cerca de três milhões de visitantes ao longo do verão ( entre 26 de dezembro e o carnaval). São pessoas de todas as partes do país e do mundo. O ponto de encontro de todos os visitantes são as inúmeras praias da região. Esse espaço- as areias das praias, é muito disputado. Seja pelos quiosques, seja pelos ambulantes e, principalmente, pelas empresas.

No verão dezenas de empresas procuram as prefeituras para promover ações de marketing (promocionais). Tem de tudo: bronzeadores, protetores solares, vitaminas, chicletes e refrigerantes...Algumas empresas continuam explorando o espaço aéreo: aviões de pequeno porte decolam aeroporto de Ubatuba transportando faixas onde se divulgam produtos dos mais variados: de refrigerantes a cursos de língua.

A Coca-Cola também decidiu explorar sua marca a beira mar. A empresa preparou para os próximos dias, aqui em Caraguá, será dia 31, sábado, possivelmente, na Martim de Sá, uma ação que surpreende e envolve os consumidores, ao mesmo tempo em que reduz o descarte de embalagens plásticas na orla. A marca estará presente nas praias de Caraguá, Ubatuba e São Sebastião entregando, até o carnaval, o refrigerante servido dentro de garrafas de gelo. Um rótulo evita que as mãos dos consumidores congelem ou que a embalagem escorregue.

Garota se delicia com a coca servida em garrafa de gelo
O programa Coca-Cola Verdes Ventos conta com um Ice Truck, caminhão de gelo que vai levar as garrafas de gelo às praias das três cidades do Litoral Norte. Para ter acesso a  pulseira que vai garantir a embalagem diferenciada, o banhista deverá passar por uma dinâmica que está relacionada à campanha atual da marca, que estimula amigos a beberem Coca-Cola juntos.

A dupla responde uma pergunta sobre o outro e, se ambos acertarem, ganham a pulseira. Com esse item, os amigos dirigem-se ao totem e digitam com quem vão beber uma Coca-Cola de gelo. Em seguida, os consumidores devem esperar os nomes aparecerem no telão e, assim, pegar a garrafa de gelo com a pulseira personalizada. O espaço Coca-Cola Verdes Ventos oferecerá ainda atividades gratuitas. Uma das atrações será a Coca-Cola Tube, que consiste em um escorregador de 10 metros de altura, que tem o formato de uma garrafa gigante.  Os amigos darão os seus nomes e subirão em duplas para escorregar no brinquedo. Fonte: Mundo do Marketing.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

+ Tecnologia


Educação

 

                   Uso de novas tecnologias ou metodologias é fundamental nas escolas.

 

Com o inicio do ano escolar optei em abordar um tema que considero bastante interessante: o uso de novas tecnologias no ensino. Os estudantes de hoje estão mais modernos, espertos e antenados. Não importa a classe social. Os professores que não evoluírem e não aderirem as novas metodologias ou tecnologias de ensino vão ter problemas para ensinar e principalmente prender a atenção de seus alunos. Os professores correm o risco de não conseguirem acompanhar de perto a evolução de seus alunos. Com as novas  tecnologias, principalmente, a internet, tudo mudou. As escolas estão mudando. Tem professor, supervisor, diretor que ainda acredita nos métodos e estilos tradicionais de ensino. Nada contra. O que tem que haver é evolução. Evoluir quer dizer utilizar novas técnicas para ensinar. Hoje em dia, com a tecnologia cada vez mais avançada e, a internet, a cobrança por um ensino mais moderno e atual é cada vez maior. Os alunos querem e cobram a modernidade. Não importa a idade e nem a série em que eles estudam. Vi isso de perto nos EUA. Vejo isso, aqui, diariamente nas redes sociais. Os nossos estudantes, seja qual for a idade, vivem conectados. Lousa e giz são considerados instrumentos antigos e ultrapassado para eles. É a fase que vivem. As escolas, por sua vez, estão se adaptando as novas tendências: lousas digitais, laboratórios de informática, tablets, smartphones, monitores em sala de aula, blogs, portais e capacitação "tecnológica" de professores. É isso aí. Hoje, o professor tem blog, a escola tem portal e pais e alunos acompanham tudo “online”. O pai fica sabendo as notas e a frequência do filho nas aulas. Tem até aula de reforço pela internet ou no smartphone. Tá todo mundo plugado, alunos e seus pais. A lousa e o giz estão praticamente condenados ao esquecimento. Aluno copiando matéria da lousa já é uma cena do passado. Escrevo tudo isso aí para dizer que ou o professor se atualiza ou vai realmente ficar para traz. Com a internet o ensino buscas novas tecnologias educacionais para poder sensibilizar e ensinar. E, o mais importante, manter a atenção do aluno.

Uma experiência das mais interessantes ocorreu na cidade vizinha de Ubatuba. A história é antiga, mas a experiência  deve sempre ser lembrada. O professor de Matemática Cândido Moura, da Escola Tancredo Neves, usou e abusou da inovação para ganhar a atenção, envolvimento e comprometimento de seus alunos.  Para envolver os alunos no aprendizado da matemática ele foi ousado e atrativo. Ele simplesmente decidiu envolver os alunos e, a própria escola, na construção de um satélite. É isso mesmo, envolveu todos na construção de um satélite. Ou seja, o professor decidiu trocar a sala de aula para comprovar que para ensinar não existem barreiras. Os alunos de 10 e 11 anos acreditaram e aceitaram o desafio e hoje fazem parte de um projeto internacional. Tenho certeza que eles(os alunos) quando forem adultos jamais esquecerão a experiência que tiveram na escola.

 

Cândido e seus alunos. Foto Elaine Pinho
O professor conseguiu recursos, através de patrocínio, no valor de R$ 14 mil, para comprar um kit para construção de um satélite. Começou aí o Ubatubasat, projeto pioneiro para a construção de um satélite pelos alunos do 6º ano da escola Tancredo Neves.  O projeto surgiu em 2010. O professor Cândido não se conformava com a idéia de ensinar matemática e ciência na lousa. Ele queria algo diferente. Levou seus alunos para o Museu Catavento, em São Paulo, um espaço interativo, mais atual, mais moderno...Foi a partir daí que veio a idéia do satélite. Ele consultou a empresa que vendia os kits, a Interorbital System, que ficou surpresa com o envolvimento de alunos tão jovens. O professor também conversou com o       Inpe(Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) de São José dos Campos, que também aceitou se envolver na parceira com os alunos da escola de Ubatuba.   
Cândido e os alunos em visita a Nasa.

A iniciativa evoluiu tanto que o pequeno satélite construído pelos alunos de Ubatuba entrará em órbita ainda este ano(2015). Como? A Associação Espacial Japonesa, a Agência Espacial Brasileira (AEB) e um contrato de voos feito com uma empresa americana possibilitará que o Ubatubasat entre em órbita em 2015, levando uma mensagem dos estudantes. O pequeno satélite, feito em sala de aula, vai coletar informações para o Inpe. Um professor comprometido e, atualizado, mostrou que a tecnologia é uma ferramenta importantíssima para o aprendizado.  Segundo consta, a montagem de satélites, virou projeto na escola Tancredo Neves. A iniciativa do professor Cândido deixou evidente que: quem não se modernizar, não buscar apoio na tecnologia, dificilmente acompanhará o desenvolvimento e a evolução de seus alunos.   

 

Documentário

 

Cartaz do festival de Chicago(EUA)
 O documentário Projeto UbatubaSat – Uma Jornada de Conhecimento produzido no inicio deste ano vem fazendo sucesso nos principais festival de cinema do mundo, entre eles, o Festival de Cinema Infantil de Chicago(EUA) e o Festival We The Peoples , de Londres. O documentário foi feito pela diretora e produtora Daniela Gross, da Explore Mídia, produtora brasileira independente, com patrocínio da Petrobras, Companhia Municipal de Turismo de Ubatuba e apoios da prefeitura de Ubatuba, da Fundação Cultural local e da Escola Tancredo Neves. O diretor de fotografia é David Mottershead, também da Explore Mídia. Segundo Daniela, após a exibição feita em Ubatuba, o média metragem foi inscrito em  festivais nacionais e internacionais, promovendo o filme e estimulando iniciativas educacionais do tipo dentro e fora do país. O filme narra o programa de iniciação científica baseado na ideia do professor Candido Osvaldo Moura em construir um pequeno satélite com o objetivo de incentivar o interesse dos alunos pelas áreas de ciências e tecnologia. O filme conta a visita que os estudantes de Ubatuba fizeram a Califórnia, nos EUA, onde eles visitaram a instalações da JPL (Jet Propulsion Laboratory / laboratório de propulsão ) da Nasa e a Interorbital Systems, empresa vendedora do kit do satélite.
O Ubatubasat

Foi a primeira vez na história, segundo Nasa e Interorbital, que ambos tiveram conhecimento da criação de um de uma satélite por estudantes tão jovens. O filme também conta a visita dos jovens ao Japão, onde participaram do maior congresso espacial do país, Simpósio Internacional de Ciência e Tecnologia Espacial – ISTS, promovido na cidade de Nagoya pela Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial – JAXA. Na ocasião, o grupo submeteu um trabalho científico o qual foi aceito e de teve amplo reconhecimento internacional na área científica. A visita foi possível através do apoio financeiro do Ministério da Educação, da Prefeitura de Ubatuba e da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura UNESCO.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Trote


Saúde

Trote corresponde a 16% dos chamados no Samu do Litoral Norte

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) tem realizado um trabalho dos mais importantes em nossa região, principalmente, no período da temporada. Os profissionais do Samu conseguiram salvar muitas vidas na temporada, época em que, o trânsito fica congestionado e o atendimento médico tem que ser, muitas vezes, imediato. Acompanhei de perto desespero de uma turista do interior cuja filha, de apenas sete anos, passou muito mal no período do ano novo, quando Caraguá, tinha mais de 500 mil pessoas e o trânsito se encontrava totalmente parado. A família não sabia onde era o UPA e, mesmo orientada, o carro não conseguia abrir caminho nas ruas congestionadas. O Samu foi acionado e diante da gravidade do caso, agilizou o atendimento da menina. A ambulância de suporte avançado com  um médico e enfermeira fez o primeiro socorro e encaminhou a menina para o UPA. Salvaram a vida da menina. E, assim foi com muita gente, morador, veranista ou turista, que necessitou deste tipo de atendimento. O Samu é “bancado” pelas prefeituras e pelo governo federal.

Instalado há cinco anos no Litoral Norte o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), atendeu na primeira quinzena deste mês mais de 2 mil chamados em nossa região. Segundo o coordenador geral do Samu, André Luís da Silva Leandro, a central recebeu ao longo do ano passado(2014) mais de 40 mil solicitações de socorro, sendo estas distribuídas pelas quatro cidades do Litoral Norte. Na primeira quinzena deste ano(2015), já foram atendidas 2.211 solicitações de atendimento, isto é,  477 traumas e 1.734 casos clínicos de diversas naturezas, sendo que destes traumas 179 foram relacionados ao trânsito.

Se comparados à primeira quinzena de 2014, houve uma diminuição no número dos casos clínicos e traumas em geral, porém, houve também um leve aumento nos atendimentos de trauma relacionados ao trânsito. Prova disso são os números apresentados pelo próprio Samu. Isto é, na primeira quinzena de 2014 foram atendidas 2.256 solicitações de atendimento do Samu, sendo que 449 resultantes de trauma e 1.807 de casos clínicos e destes, 172 traumas relacionados ao trânsito.

Unidades

Dotado de 11 ambulâncias de Suporte Básico de Vida (USB), três ambulâncias de Suporte Avançado de Vida (USA – UTI) e uma Central de Regulação Médica de Urgências já atendeu e salvou a vida de milhares de pessoas. O Samu mantém em São Sebastião seis ambulâncias 24 horas de plantão, das quais, cinco de Suporte Básico e uma  Unidade de Suporte Avançado. Em Caraguatatuba são quatro as unidades: uma unidade avançada no Centro e três básicas, no Porto Novo, Centro e Massaguaçu. Ubatuba conta com duas unidades, uma básica em Maranduba e outra avançada, no Centro. Já Ilhabela mantém duas unidades básicas, ambas na Barra Velha. Apesar da seriedade do trabalho desenvolvido pelo Samu, o coordenador alerta para o número de trotes que a instituição recebe, ou seja, 16% das ligações. Em sua opinião, há grande necessidade de alinhar o trabalho de educação popular e difundir mais a informação quanto à prevenção e o melhor uso do serviço prestado pelo Samu.  “Pedimos à população que nos ajude denunciando e também coibindo que crianças, jovens e adultos promovam esta prática para que outros possam viver”, afirmou. Serviço: O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), atende pelo telefone 192.

Tecnologia

Cerca de 80% dos usuários do Acessa São Paulo utiliza serviço para navegar nas redes sociais.

 

Acessa SP em Caraguá
 
O Acessa São Paulo, programa do governo estadual, criado em 2002, que oferece acesso gratuito a internet em 645 municípios do Estado de São Paulo registrou cerca de 80 milhões de atendimento desde a sua implantação. Uma pesquisa feita entre os usuários constatou que 83,8% deles utilizam o Acessa São Paulo para acessar as redes sociais(Facebook, Orkut...); outros 49,9% dos usuários utilizam o serviço para assistir filmes ou videos on-line(Youtube, Vimeo...); 37,8% dos usuários procuram o Acessa São Paulo para jogar ou fazer downloads de jogos; 35% deles para ler jornais ou revistas; 26,5% utilizam o programa para fazer downloads de filmes, música ou software...; e, 21,9% dos usuários buscam trabalhos escolares, tutoriais ou apostilas. O Acessa São Paulo em Caraguá fica na praça Diogenes Ribeiro de Lima, ao lado da Secretaria de Turismo. Segundo o gestor local, Gilberto Ortiz Barbosa, o programa foi criado há dez anos na cidade e neste período já atendeu mais de 130 mil pessoas. Segundo ele, em média, são registrados 20 mil atendimentos por ano. O posto do Acessa SP na cidade conta com oito computadores e atende de segunda a sexta, no horário comercial.   

 

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Verão tecnológico


Verão “Conectado”

Ambulantes inovam com produtos tecnológicos

Ambulante vende pau de selfie. Foto Uol.
As areias das praias se transformaram numa verdadeira “25 de Março”. A maioria dos ambulantes que circula pelas praias da região decidiu inovar neste verão. Ainda é possível encontrar aqueles que vendem rede, chapéus, bolsas, queijo coalho, sanduiches naturais e espetinhos de camarão, mas a maioria decidiu aderir ao mundo da tecnologia. As novidades: pau de selfie (aquele equipamento que permite fazer auto-retrato), carregadores portáteis para celular e capinhas para celulares. Aí, você pergunta por que eles levam esses produtos para vender nas praias? É fácil explicar: a rapaziada anda conectada mesmo na areia e, até mesmo, no banho de mar.
Banhista faz selfie no mar
 
É “selfie” para todo lado. Celular virou um aparelho indispensável na praia. Esse é o verão dos “conectados”. A rapaziada deixa de levar o bronzeador e o protetor solar para a praia, mas o celular, ninguém deixa de levar. Os produtos variam de preço de praia para praia: o pau de selfie custa em média R$ 80,00; o carregador portátil, cerca de R$ 25,00; e, a capinha, R$ 10,00.  O verão 2015 se transformou no verão da tecnologia...    

IPTU

Caraguá estende prazo para pagamento a vista do IPTU

O prefeito Antonio Carlos da Silva decidiu estender o prazo para o pagamento a vista do IPTU 2015. O prazo inicial para quem quisesse quitar o imposto a vista encerrou-se ontem, dia 20, mas o prefeito entendeu que houve problemas no envio dos carnês aos contribuintes e optou em prorrogar o prazo até o dia 30 deste mês. Os prazos estipulado para o pagamento em parcelas permanecem. Quem quitar o IPTU em parcela única terá 10% de desconto. Foram distribuídos 78 mil carnês. Quem ainda por algum motivo não recebeu o carnê de 2015 deve procurar a Secretaria da Fazenda.  

Royalties

Caraguá arrecadou 103,5 milhões em 2014

O município de Ilhabela  foi o que mais arrecadou com royalties pagos pela Petrobras  o ano passado aqui no Litoral Norte. Ilhabela arrecadou R$ 121,6 milhões. Em segundo lugar ficou São Sebastião com R$ 104,2 milhões. Caraguá ficou em terceiro com R$ 103,5 milhões. Ubatuba arrecadou em 2004 um total de R$ 1,5 milhões. Os recursos obtidos pela prefeitura de Ilhabela justificam os enormes investimentos que o prefeito Toninho Colucci vem realizando na ilha principalmente na área do turismo. Em Caraguá, o prefeito Antonio Carlos tem destinados os recursos para melhorar cada vez mais a infra-estrutura do município, considerado hoje, um dos mais bem estruturados do litoral paulista. Turistas que visitam a cidade de Caraguá andam se encantando com a cidade. A maioria, principalmente, quem visita a cidade pela primeira vcz tem declarado que a cidade supera em muito na área da infra-estrutura as cidades do Guarujá e Praia Grande.      

Educação

Sisu terá 120 vagas em Caraguá

O Ministério da Educação abriu ontem as inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) que terá 120 vagas disponíveis no IFSP(Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia ), conhecido como Instituto Federal de Caraguá. As oportunidades são para candidatos que tenham prestado o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e que não tenham tirado zero na nota de redação. Em Caraguá, o IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) tem 40 vagas para o curso tecnológico de Análises de Sistema, no período noturno. A mesma escola superior dispõe de 40 vagas para a licenciatura em matemática, com aulas de manhã, e 40 para tecnólogos em Processos Gerenciais, com aulas à noite.
Inscrições. Os candidatos terão até o dia 22 de janeiro para fazer o cadastro, no endereço eletrônico www.sisu.mec.gov.br/como-se-inscrever. O concorrente vai precisar do número de inscrição e da senha do Enem/2014. No momento da cadastro, o aluno interessado deve optar pela concorrência ampla, de cotas ou de políticas afirmativas de cada instituição. Não são cobradas taxas de adesão.


Classificação. O resultado do Sisu poderá ser consultado no boletim do candidato, na página do Sisu, nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, por meio do telefone 0800-616161.
A lista de aprovados está prevista para ser publicada logo após o período final de inscrições, que serão encerradas no dia 22 de janeiro.
Os prazos para matrículas serão específicos por instituição de ensino. Entre outros critérios de seleção, a nota obtida na redação e na prova de Português servirão como desempate.

Educação

Aulas serão reiniciadas no dia 28 em Caraguá

As escolas municipais reiniciam suas aulas no dia 28. Na terça, dia 27,  haverá palestras, no Teatro Mario Covas, com o professor Jair Passos, que abordará o tema “Maestria na arte de educar e autoconfiança no processo educacional”. A primeira às 8h30, para professores do turno da manhã e, às 13h, para os professores do turno da tarde, da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADI’s) e estagiários somente das EMEF’s. Segundo Passos, a palestra visa possibilitar um tempo e um espaço para o professor rever sua prática docente e tomar contato com abordagens de ensino que atenda a emergente e atual demanda educacional. Também tem o objetivo de possibilitar a reflexão sobre as relações interpessoais no cotidiano da escola (dentro e fora da sala de aula) e posturas que afetam diretamente a turma; examinar alguns princípios e estratégias relacionadas às novas abordagens de ensino, priorizando a boa comunicação e o bom relacionamento; estimular o corpo docente a aprimorar sua performance em sala de aula, priorizando a Aprendizagem Significativa. Jair Passos é licenciado em História e Estudos Sociais.  Mestrado em Educação (PUCPR). Doutorado em andamento - Psicologia – na linha de Psicologia da Educação (UCES – Buenos Aires).

 

Comércio 

Sebrae-SP tem atividades no Litoral Norte

 

O Sebrae-SP promove uma série de palestras gratuitas voltadas a empresários e interessados em abrir um negócio. Caraguatatuba recebe as palestras “Controle de Estoque” (26/1) e “Conquiste seu Cliente” (26/2). Em Ubatuba, os empreendedores podem acompanhar palestras com os temas “Formação de Preço” (27/1), “Comunicação Eficaz no Atendimento” (2/2) e “Conheça seu Mercado” (25/2). Em São Sebastião, está programada a palestra “Melhore sua Relação com o Cliente” (4/2). Todos os eventos são gratuitos e as inscrições podem ser feitas por telefone nos Postos de Atendimento ao Empreendedor das quatro cidades.  

Programação em Caraguatatuba

Palestras

Dia 26/1 – 15h. Tema: Controle seu Estoque

Dia 26/2 – 15h. Tema: Conquiste seu Cliente

Local: Auditório da Fundacc (Rua Santa Cruz, 396, Centro)

Inscrições para as atividades e mais informações podem ser obtidas no Posto de Atendimento ao Empreendedor de Caraguatatuba. Tel.(12) 3882-3854 – pae.caragua@gmail.com

Cultura

Juliano expõe na Fundacc

O artesão e artista plástico caraguatatubense Juliano Junqueira Jupyra faz uma exposição de suas obras no auditório Maristela de Oliveira, no centro de Caraguá. A exposição “Ser metal e poesia” ficará aberta ao público até o dia 28 de fevereiro. O auditório fica aberto ao público de segunda a sexta feira das 9 às 17 horas, com entrada franca. Vale a pena conferir as belas obras de Juliano. O auditório da Fundacc fica na rua Santa Cruz, 396, no centro.

Dança

Corpo de Baile da Cidade se apresenta sexta-feira, dia 23, no Teatro Mário Covas.

O Corpo de Baile de Caraguá se apresenta no dia 23, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro Mário Covas. O espetáculo “Trilhas” aborda as dificuldades da vida, como uma montanha alta a ser escalada. No decorrer da subida as pessoas sempre encontram um lugar mais confortável para descansar, uma flor rara para admirar e água fresca e corrente que sacie sua sede. Mas há também pedras que se soltam, trilhas que confundem e escaladas que cansam a ponto de terem vontade de desistir. A direção é de Cristina Neves. Ingressos a R$ 20,00 e R$ 10,00(meia entrada)     

 

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Turismo


Turismo

 

As pedras que atraem...

 
Pedra da Freira, em Caraguá, semelhante a uma freira rezando a beira mar

Algumas formações rochosas da região continuam atraindo a atenção dos turistas, principalmente, aqueles que visitam o Litoral Norte pela primeira vez. Algumas pedras realmente se assemelham ao seu nome, como por exemplo, a Pedra da Freira, em Caraguá. Ao longo dos anos essas formações rochosas se transformaram em atrativos turísticos. 

 

Em Caraguá, merecem ser visitadas as Pedras da Freira, na Praia do Garcez e a Pedra do Jacaré, na Prainha. A Pedra da Freira, cujo acesso continua bastante precário e até mesmo perigoso, deve ser considerada uma visita obrigatória para quem circula pela cidade. Para ver a figura de uma religiosa, com as mãos postas em oração, debruçada sobre o mar é preciso olhar a formação rochosa pelo seu lado direito. Já a Pedra do Jacaré, na Prainha, pode ser avistada da areia da praia mesmo. 

 
Pedras emitem som de sinos quando tocada com qualquer objeto

Uma das formações rochosas mais famosas fica em Ilhabela: a Pedra do Sino. As pedras que emitem sons de sino quando tocadas por qualquer objeto contundente ficam na praia de Igarapucaia, a cinco quilômetros do centro da vila. Uma das muitas lendas da Pedra do Sino: consta que durante uma procissão marítima o sino da capela não pode tocar e que, quando os barcos passavam pela praia, surpreendentemente, começaram a surgir sons semelhantes ao badalar dos sinos. Eram sons vindos das pedras, que, a partir desse dia, passaram a ser atração turística.

Show

 

Michel Teló é atração em Caraguá

 

Caraguá terá dois bons shows nesta sexta e sábado (16 e 17/1/2014), no Centro de Eventos do Litoral Norte, na praia do Porto Novo: o grupo Os Travessos e o músico Michel Teló, respectivamente. As atrações têm entrada gratuita para pista e começam a partir das 23h. 

O grupo “Os Travessos” é composto por cinco integrantes. Ainda no ano de formação, em 1997, lançou o álbum “Nossa Dança”, que tinha a canção “Quando a gente ama”. A música tornou-se um hit nacional e recebeu o prêmio Crowley Best, como um dos mais executados em todo território nacional. Em 1999, a canção “To te filmando (sorria)”, se consolidou como a mais tocada durante cinco meses.
 
Já Michel Teló fará seu último show em Caraguá antes de entrar de férias. O músico promete um show animado, repleto de sucessos como “Ai se eu te pego”, “Amiga da minha irmã”, “Humilde Residência”, “Te amo e open bar” e o hit “Fugidinha”. O cantor ficou conhecido em 1994, como vocalista do grupo Tradição, e depois seguiu carreira solo.

Os shows de Verão são realizados pelo Governo Municipal de Caraguá, com promoção da Band FM 96,1, produção da Imaginasom e patrocínio da Skol.