Total de visualizações de página

sábado, 19 de abril de 2014

Aniver


Caraguá completa amanhã 157 anos


Lauro Lam Especial para O Vale

Caraguatatuba completa amanhã 157 anos de emancipação política-administrativa em clima de muita festa, com direito a eventos esportivos, shows e apresentações culturais.
A partir das 8h, acontece a cerimônia de hasteamento das bandeiras em frente ao Polo Cultural Professora Adaly Coelho Passos, com a presenças do prefeito Antonio Carlos, do vice-prefeito Junior, vereadores e demais autoridades da cidade e região. Também pela manhã, no mesmo horário, acontece o campeonato estadual de canoagem, na Prainha.
Para quem gosta de uma boa música, a sinfonia a beira mar, com apresentação musical gratuita na Martim de Sá e Prainha, acontece logo a partir das 18h.
Duas exposições também serão abertas no Museu de Arte e Cultura, no centro de Caraguá, com desenhos de cenas rurais e infantis assinados pela pintora Marysia Portinari, além de azulejos produzidos pelo artista ítalo-brasileiro Rossi Osir.

Corrida. Para quem é mais ligado aos agitos esportivos, a dica é conferir o adrena run fest, uma corrida noturna pela orla da praia do Indaiá, às 20h.

Shows. Os shows gratuitos serão realizados na praça de Eventos, a partir das 21h, com as bandas ‘Dez pras Onze’ e ‘Release’, abrindo o show oficial da dupla Geovany Reis e Fabrício.
“Buscamos uma programação mais voltada para as famílias”, disse o secretário adjunto de Turismo de Caraguá, Salim Burihan.

Inaugurações. O prefeito de Caraguá, Antônio Carlos da Silva (PSDB), disse que inaugurações ao longo da próxima semana também fazem parte do cronograma comemorativo aos 157 anos da cidade. “Vamos entregar o Centro Integrado de Desenvolvimento, no Travessão, que terá aulas em tempo integral, com piscina semi olímpica, biblioteca e sala de informática em 11 mil metros quadrados”, afirmou o prefeito.

Oceanos



Morre primeiro pesquisador do IO (Instituto de Oceanografia) de Ubatuba. 

Faleceu esta semana, na segunda-feira, dia 14, o professor Edmundo Ferraz Nonato, de 93 anos.  Um dos pioneiros no estudo da oceanografia no Brasil. Formou-se pela USP-Universidade de São Paulo, em 1942, no curso de História Natural e se especializou pela Sorbonne em 1950. Foi um dos primeiros brasileiros a utilizar equipamentos de mergulho inventados pelo oceanógrafo francês Jacques Cousteau. Nonato foi o primeiro chefe científico da base de pesquisa da USP no IO- Instituto de Oceanografia de Ubatuba. Lá, fez de tudo para melhorar a infraestrutura e valorizar o centro de pesquisa visitada por estudantes e professores de todo o país e do exterior. Nonato foi um dos pioneiros no Brasil no estudo  de vermes marinhos-importantes indicadores de distúrbios ambientais. Estava aposentado há 20 anos e continuava trabalhando. Morreu de derrame no dia 14, deixando a mulher e dois filhos.   Fonte: Folha.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Encenação da Paixão de Cristo


FERIADO

 

Plantão na Prefeitura durante o feriado prolongado  

Em virtude do feriado prolongado de Páscoa e Tiradentes não haverá expediente na prefeitura de Caraguá na próxima sexta (18) e segunda (21), mas alguns serviços estarão de plantão para atender moradores e visitantes. O expediente normal será retomado na próxima terça-feira (22). A previsão da secretaria municipal de Turismo é que aproximadamente 100 mil pessoas passem o feriado na cidade. A Associação de Hotéis e Pousadas de Caraguá estima que cerca de 90% dos leitos de hospedagem já estão ocupados. A coleta de lixo funcionará normalmente conforme o cronograma. A Defesa Civil e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) funcionam em regime de plantão de 24 horas. Para atender os casos de urgência, o SAMU terá três ambulâncias disponíveis, divididas entre Massaguaçu, Porto Novo e Centro, além de uma unidade móvel de suporte avançado.

Telefones de Plantão

Secretaria de Trânsito – 0800 778 8080

Defesa Civil – 199

SAMU – 192

Secretaria de Saúde (ambulâncias) - (12) 3882-2531

 

SHOWS

 

Atrações no feriado prolongado

 

O feriado tem boas opções para moradores, veranistas e turistas. Amanhã, sexta-feira, acontece a Encenação da Paixão de Cristo, pela Fundacc, na Praça de Eventos, a partir das 20 horas. Um espetáculo gratuito e imperdível.  No sábado, teremos Renato Teixeira, no Teatro Municipal, às 21 horas. No domingo, aniversário de 157 anos de Caraguá, três shows gratuitos na praça de Eventos, a partir das 20 horas: Banda Release, Banda dez pras Onze e Geovany Reis e Fabricio. Na segunda, aniver da Rádio Caraguá FM, show também gratuito com a Banda Pixote. Uma programação diferenciada no feriado, o projeto Sinfonia à Beira Mar: o projeto retorna neste feriado prolongado com três atrações na Martim de Sá e Prainha. As apresentações musicais serão realizadas no sábado (19/4/2014), às 18h, e no domingo (20), às 20h. A entrada é franca. Os músicos Zé Maria, Gerard Scher e a cantora Taty Maleski se revezam nas praias. Zé Maria executa clássicos da Bossa Nova e do Samba. Scher apresenta música clássica, erudita, MPB e música internacional. Taty canta MPB e Bossa Nova, acompanhada ao violão por um músico. O projeto Sinfonia à Beira Mar é uma iniciativa do Governo Municipal, por meio da secretaria de Turismo.

 

Programação

Sáb (19), às 18h, Sinfonia à Beira Mar

Maestro Zé Maria-Praia Martim de Sá (próximo ao Quiosque Canto Bravo)

 Gerard Scher-Prainha (Boulevard Getúlio Vargas Navarro Magalhães)

 Sábado (19), 21 horas, TMC, Show com Renato Teixeira e Filhos.

 

Dom (20), às 20h, Sinfonia à Beira Mar

Gerard Scher-Praia Martim de Sá (próximo ao Quiosque Canto Bravo)

Taty Maleski-Prainha (Boulevard Getúlio Vargas Navarro Magalhães)

Domingo(20), 20 horas, praça de Eventos, shows com as bandas Release, Dez pras Onze e Geovany Reis e Fabricio.

Segunda-feira (21), 20 horas, Praça de Eventos: shows com Zirinho da Bahia, Bicho da Costeira e Pixote, comemorando os 11 anos da Caraguá FM.

Paróquia Matriz de Santo Antônio  

Dia 18, sexta-feira Santa

 

06h-Procissão do Encontro - Nosso Senhor dos Passos
Local de Encontro: Praça 3 Coqueiros

06h- Procissão do Encontro - Nossa Senhora das Dores
Local de Encontro: Praça Fundacc/Colegio Nova Era

15h- Celebração da Paixão e Adoração da Cruz

19h30- Procissão do Senhor Morto


Sábado- 19h30- Vigília Pascoal

 

Domingo de Páscoa- missas às 8, 18 e 20 horas

 

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Feriadão


ESTRADAS

Dersa prevê 180 mil carros na Tamoios

 

Segundo a Dersa cerca de 180 mil veículos devem utilizar a rodovia dos Tamoios- principal acesso do Vale do Paraíba ao Litoral Norte, no feriado prolongado de Páscoa, a partir de amanhã, quinta-feira. Pela rodovia Osvaldo Cruz, que liga Ubatuba a Taubaté devem circular outros 35 mil veículos. Na Tamoios, o tráfego deve ser intenso entre 16h e 23h59 de amanhã e das 8h às 19h de sexta, na pista sentido Litoral Norte. Para a volta, na pista sentido planalto, o movimento deve ser intenso entre 15h e 20h de domingo e 8h e 20h de segunda. O motorista que for trafegar pela Rodovia dos Tamoios terá uma faixa adicional na descida do trecho de serra, a partir do km 67. A Dersa informou que a sinalização para a operação descida será implantada às 13h de amanhã e será retirada às 17h da próxima sexta-feira. Sete painéis de mensagens variáveis transmitirão informações sobre as condições de tráfego e rotas. A Dersa reforçou os equipamentos de operação na rodovia, que terá para o feriado três ambulâncias, cinco viaturas de inspeção de tráfego, duas motocicletas, seis guinchos leves, um guincho pesado, um veículo de apreensão de animais, dois veículos de apoio e um caminhão pipa. A Polícia Rodoviária Estadual também reforçará o patrulhamento nas estradas, com utilização de radares e bafômetros. A recomendação é de que os motoristas respeitem o limite de velocidade das vias (na Tamoios, de 80 Km por hora), mantenham distância do carro à frente e façam uma revisão preventiva antes de pegar a estrada. Segundo previsão do Cptc Inpe de Cachoeira Paulista deve chover no feriado prolongado, principalmente, no domingo e segunda- feira.  



CULTURA I

Paixão de Cristo é atração nesta sexta em Caraguá

 

A Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba e o Governo Municipal promovem nesta sexta-feira (18/4), às 21h, mais uma tradicional encenação da Paixão de Cristo, na Praça de Eventos, no Centro da cidade. Considerado o maior espetáculo ao ar livre do litoral norte paulista, neste ano chega à sua 7ª edição e conta com a participação de cerca de 120 pessoas no elenco, entre atores da região e apaixonados pela arte e pelas mais valorosas passagens bíblicas para os cristãos.

Com 2 horas de duração, a encenação reproduz em cinco palcos os últimos cinco dias de Jesus Cristo na Terra, com destaque para sua entrada triunfal em Jerusalém na semana da Páscoa Judaica, os tumultos que sua presença causou ao redor do Templo Sagrado, os conflitos com os Fariseus, a última ceia, a traição, a prisão, o julgamento, a flagelação, a crucificação e a ressurreição. Para abrilhantar ainda mais a apresentação, o público poderá participar levando e acendendo velas brancas.

A encenação da Paixão de Cristo integra a programação de aniversário de Caraguatatuba, que no dia 20 de abril, completa 157 anos de emancipação político-administrativa. O evento tem entrada franca e é aberto ao público. A classificação é livre. Mais informações: (12) 3897.5661 ou www.fundacc.com.br.  

 

CULTURA II

 

 

Renato Teixeira é destaque no Teatro Mario Covas neste sábado

 

O Teatro Mario Covas, em Caraguatatuba, apresenta neste sábado (19/4), às 21h, o show “Renato Teixeira e Filhos”. Com 22 discos gravados, o ícone da música raiz sertaneja apresenta seu novo formato de show e realiza uma apresentação intimista e familiar, dividindo o palco com seus filhos, Chico Teixeira (voz e violão de doze cordas) e João Lavraz (baixo). Com versões acústicas e delicadas, Renato e seus filhos apresentam novas roupagens para clássicos da música caipira, como “Tocando em Frente”, “Romaria”, “Amanheceu, Peguei a Viola” e “Cuitelinho”, entre outros. “Mais do que um show, esta apresentação é uma verdadeira reunião familiar. As músicas sairão de forma improvisada, tudo dependerá da forma que o público irá corresponder ao nosso encontro”, explica Renato. A apresentação conta com composições dos três músicos e oferece boa música, além da demonstração de união, respeito e admiração entre pai e filhos. Os ingressos custam R$ 100 inteira e R$ 50 meia-entrada antecipado e R$ 120  inteira e R$ 60 meia-entrada no dia da apresentação. A classificação é livre. O Teatro Mario Covas está localizado na Avenida Goiás, nº 187, no Indaiá. Mais informações: (12) 3881.2623 ou www.fundacc.com.br.

 

terça-feira, 15 de abril de 2014

A procura do pai...


Inaugurações

 

Vereador Celsinho nunca conheceu o pai...

Na manhã desta terça-feira, estivemos nas solenidades em que o prefeito Antonio Carlos e o vice-prefeito, Júnior inauguraram o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Massaguaçu e o Núcleo de Atendimento Social, no bairro Casa Branca, dentro das comemorações do aniversário de 157 anos da emancipação político-administrativa de Caraguá. As duas obras são importantes para a população carente da região sul, que com elas, não precisarão mais se deslocar até o centro da cidade para participar de cursos e oficinas e, obter informações ou receberem benefícios de programas, como o Bolsa Família. Uma coisa me comoveu. O Cras do Massaguaçu recebeu o nome de Nadir Pereira Soares, mãe do vereador Celsinho Pereira, falecida há sete meses. Conversando como Celsinho, vereador em seu quinto mandato, fiquei sabendo que ele, hoje, com 52 anos de idade, nunca conheceu o pai. Celsinho não tem o nome do pai nem mesmo em seus documentos pessoais. Ele contou que nasceu em São Paulo e veio com a mãe para Caraguá quando tinha um mês de idade. Celsinho afirmou ainda que “brigou” e muito com a mãe, dona Nadir, para que ela contasse quem era seu pai. Segundo ele, a mãe nunca lhe revelou o nome do pai. “É muito triste, sempre quis conhecer meu pai, mas nunca minha mãe me contou quem era ele. Acredito que ele (seu pai) já esteja morto”, afirmou o vereador. Ele contou ainda que muitas vezes foi atrás de informações repassadas por parentes e amigos, mas as informações não se concretizaram. Imagino a tristeza do Celsinho e de seus filhos (que não conhecem e nem convivem como amor e carinho do avô)...A gente tem tudo isso e muitas vezes,dá pouco valor...Gostaria de poder ajudar o Celsinho a encontrar o pai. Hoje, existem programas em rádios e TVs e até mesmo nas redes sociais que conseguem identificar e localizar parentes de muita gente... O Celsinho, no entanto, acredita que, realmente, seu pai não possa ser encontrado mais com vida...Espero do fundo do coração que ele esteja enganado e que seu pai apareça um dia para alegria dele e de seus filhos...

NEGÓCIOS

Hotéis e pousadas se destacam em sites de turismo

 

Hotéis e pousadas do Litoral Norte vêm tendo um apoio constante do Sebrae-SP que está rendendo bons frutos. Exemplo da evolução dos empreendimentos são as conquistas de prêmios e reconhecimento de especialistas e clientes em sites voltados ao turismo. O Tribo Hostel, de Ubatuba, ganhou neste mês o prêmio de melhor albergue do país da HI (Hostelling International), recebendo elogios em aspectos como gentileza da equipe, qualidade dos serviços, conforto, limpeza e localização. No ano passado, o Tribo Hostel havia sido eleito o melhor hostel da região Sudeste em pesquisa realizada pela FBAJ (Federação Brasileira dos Albergues da Juventude). Para o proprietário Guilherme Nunes, os prêmios são um reconhecimento ao esforço em inovar e melhorar produtos e serviços. "O apoio do Sebrae é um dos fatores de sucesso. Sempre nos ajudam muito e com certeza têm grande influência nos resultados positivos da empresa. Os cursos e consultorias são focados no negócio, com profissionais capacitados, e conseguem passar detalhes de várias áreas de nossa empresa", afirmou Nunes. A pousada Chalé das Flores, da empresária Ana Cláudia Neiva Ferreira, tem contato com consultores do Sebrae-SP desde que assumiu o negócio, há um ano, e já teve um retorno marcante: seu estabelecimento está em primeiro lugar no ranking orgânico do site Booking.com e também ocupa o primeiro posto nas avaliações de pousadas do Tripadvisor.com.br, destacando-se entre mais de 150 meios de hospedagem em Ubatuba. Para ela, as orientações do Sebrae-SP foram essenciais para a melhoria do negócio. "Sou novata no ramo, não conhecia absolutamente nada. As visitas do consultor do Sebrae-SP, com apoio presencial e uma bagagem de conhecimento, foram fundamentais para aprender sobre o conceito do negócio. Foram dicas importantes sobre atendimento, visual, identificação de público-alvo e utilização de mídias sociais para divulgação. São dicas que colocamos em prática, na maioria das vezes, sem gastar nada", comentou. O empresário Rodrigo Tavano também comemora a boa repercussão, com o primeiro lugar da pousada Vivendas de Sol e Mar no Tripavisor no ranking de Caraguatatuba e um boom de seguidores nas mídias sociais. "Pulamos de 4.000 para 45 mil seguidores em menos de um ano. Tenho apoio do Sebrae há uns três anos e não falto a nenhuma palestra e consultoria. As atividades abriram minha cabeça e ajudaram principalmente na questão de finanças e marketing. Além disso, podemos trocar experiências com outros empresários da área", disse. A partir deste ano os empresários de meios de hospedagem do Litoral Norte terão a oportunidade de participar de mais uma etapa de capacitações com o projeto Hotel Legal, que tem o objetivo de melhorar o desempenho de gestão dos estabelecimentos e possibilitar a adoção de práticas de inovação.

MEMÓRIA CAIÇARA 

 

Palco da Cultura pode receber o nome de Antonio Benetazzo 

Boa iniciativa do vereador Chininha em conceder o nome de Antonio Benetazzo ao Palco da Cultura, instalado na nova Praça do Caiçara, na região central. A gente espera que os vereadores apoiem a indicação feita através do Projeto de Lei, nº 20/2014. Benetazzo foi um dos brasileiros mortos pela ditadura. Ele recebeu homenagens em várias cidades brasileiras, inclusive, na capital paulista.  Ele passou parte da juventude em Caraguá, onde foi presidente do Grêmio Estudantil. Sua família morava na rua Santa Cruz. Éramos vizinhos. Benetazzo nasceu em 1º de novembro de 1941, em Verona, na Itália, filho de Pietro Benetazzo e Giulieta Squazzordo Benetazzo. Fo morto em 30 de outubro de 1972. Foi dirigente do  Movimento de Libertação Popular (Molipo). Mudou-se para o Brasil em 1950, quando tinha 9 anos. Em 1962, ingressou no PCB, integrando-se ao setor estudantil, tendo destacada atuação nos movimentos culturais e políticos, principalmente naqueles promovidos pelo Centro Popular de Cultura (CPC) da UNE. Estudava Arquitetura e Filosofia na USP. Foi presidente do Centro Acadêmico do Curso de Filosofia e professor de História e Educação Artística. Como professor de cursos de preparação para vestibulares universitários, em especial o Cursinho Universitário, Benetazzo procurou transmitir uma visão crítica da História e da realidade. Em junho de 1965, fez parte da Greve das Panelas1, também chamada de “Greve do Fogão”, contra o aumento de preço das refeições servidas aos estudantes no restaurante do CRUSP, e a favor de melhorias na alimentação.
Em 1967, desligou-se do PCB, passando a militar na DISP, Dissidência Estudantil do PCB/SP, e em 1969 ingressou na ALN. Participou da preparação do XXX Congresso da UNE, em Ibiúna, em outubro de 1968. Em julho de 1969, deixou a universidade e as escolas em que lecionava e passou a viver na clandestinidade. Além da política, Benetazzo também se dedicava às artes, como a pintura e a fotografia. Era conhecido como Benê e foi um dos criadores de O Amanhã, um dos primeiros jornais alternativos que surgiu durante a ditadura e um dos precursores da imprensa nanica. Atuava na área cultural em diversas atividades. Participou como ator do filme Menina Moça, de Francisco Ramalho Jr., gravado em super-8. Foi cenógrafo de Anuska, Manequim e Mulher (1968), do mesmo diretor, tendo no elenco Francisco Cuoco, Jairo Arco e Flecha, Ruthinéa de Moraes e Marília Branco. Fez também a capa do primeiro livro de Mário Prata, O Morto que Morreu de Rir, publicado em 1969. Viajou para Cuba, onde realizou treinamento de guerrilha, e voltou ao Brasil clandestinamente, em 1971, integrado ao Molipo, sendo o redator do jornal Imprensa Popular, órgão oficial da organização e membro de sua direção.

Dados sobre sua prisão e morte

Foi preso em 28 de outubro de 1972, ao entrar na casa do operário e militante político Rubens Carlos Costa, na Vila Carrão, em São Paulo, e levado ao DOI-CODI/SP. Lá permaneceu por dois dias, sendo torturado até a morte.
Foram publicadas diversas versões oficiais para sua morte na imprensa, alegando que ele tinha sido atropelado por um caminhão. Como outras vítimas da repressão política em São Paulo, foi enterrado como indigente no Cemitério D. Bosco, de Perus, no dia 31, dois dias antes da divulgação da sua morte na imprensa.
Na época em que ocorreu a morte de Benetazzo, familiares e amigos fizeram uma investigação sobre os fatos relatados pela imprensa, constatando, então, a inexistência de qualquer acidente no dia, hora e lugar do suposto atropelamento a que se refere a versão oficial dos órgãos de segurança, responsáveis pelo assassinato. Os relatórios dos ministérios da Marinha e da Aeronáutica, encaminhados ao ministro da Justiça Maurício Corrêa em 1993, confirmam a falsa versão de morte por atropelamento, e o relatório do Exército, em cujas dependências Benetazzo foi morto, afirma não ter registros a respeito de seu destino. Benetazzo teve sua prisão decretada em 16 de janeiro de 1973, pela 2ª Auditoria, pouco depois de morto. A pedido da Comissão de Familiares, legistas fizeram observações sobre o laudo de necropsia de Antônio Benetazzo, na segunda metade da década de 1990, após a votação do seu caso na CEMPD, para instruir os processos disciplinares contra legistas acusados de falsificar laudos de dissidentes assassinados durante a ditadura no Conselho Regional de Medicina de São Paulo. O médico Antenor Chicarino afirmou ter a impressão de que o laudo foi feito por um leigo, pois não usa nomenclatura técnica adequada. Não descreve o ferimento externo ou lesão que certamente existiria na região da fratura da abóbada craniana. Menciona como causa mortis choque traumático por politraumatismo, mas a descrição indica traumatismo cranioencefálico. O médico Dolmevil afirmou também que as fraturas do lado direito do crânio teriam, necessariamente, que deformar a fisionomia da vítima, o que não foi registrado. Para produzir as lesões cranianas sem afetar o rosto, o pescoço e o tronco, as mesmas teriam que ser produzidas perpendicularmente no lado direito do crânio, o que não condiz com a versão sobre atropelamento. Se o esmagamento do crânio se deu como resultado da compressão pelos pneus do veículo contra o solo, por que não foram detectadas marcas de pneus no corpo? Não faz referência a estragos ou sujeira nas roupas. Examinando a foto encontrada no arquivo do DOPS/SP, não constatou nenhuma escoriação no rosto e, além disso, o laudo não descreve o hematoma na região superior da pálpebra direita, nem o inchaço do lado direito da mandíbula, resultantes do ferimento à bala existente na orelha direita. Isto sugere que não se trata de atropelamento e, sim, de ferimento por arma de fogo disparada encostada ao crânio.

PROVIDÊNCIAS POSTERIORES

Na CEMDP, seu caso (261/96) foi aprovado por unanimidade em 14 de maio de 1996, tendo como relator o general Oswaldo Pereira Gomes, considerando sua prisão e o suposto suicídio condições enquadradas nas exigências da lei 9.140/95. Nilmário Miranda e Suzana K. Lisbôa fizeram constar em ata a certeza de que Antônio Benetazzo fora preso e morto sob torturas, sendo falsa a versão oficial de suicídio. Em sua homenagem, a cidade de São Paulo deu o seu nome a uma praça localizada atrás do Museu de Arte de São Paulo.
 Fonte: Comissão da Verdade do Estado de São Paulo.  

sexta-feira, 11 de abril de 2014

O velho pescador e o tempo


Previsão do Tempo

 
Praia da Mococa, década de 20 



O velho e experiente pescador X a moderna tecnologia.

  A gente, eu e o Henrique Galvão, conversávamos sobre um dos pescadores mais antigos de Caraguá, seu Sebastião Sodré, infelizmente, falecido em 2013, quando lembrei que quando trabalhava na Folha de São Paulo propus ao editor uma matéria especial para o fim de semana. A proposta era comparar a previsão do tempo feita por um pescador com a do Inpe(Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Nascido e criado a beira mar, aqui em Caraguá, lembrava que sempre a gente consultava um pescador para saber a previsão do tempo para o fim de semana que se aproximava. Inicialmente, quando criança para saber única e exclusivamente se iria ou não chover no domingo, dia do nosso futebol. Depois, na adolescência, para saber se iria ou não ter onda nas praias de Ubatuba, onde surfava. Achei que seria legal fazer a comparação. Quem prevê melhor as condições climáticas o velho e experiente pescador ou os técnicos do Inpe? A reportagem foi publicada e gerou muita confusão. Os técnicos se sentiram mais ou menos “ofendidos” e enviaram uma carta ao jornal alegando que tal comparação não tinha sentido, principalmente, cientificamente.  Vocês conhecem bem jornalista...Fiz a reportagem, com aval do editor.  Lembro que, na areia da praia, com o velho e experiente pescador Sebastião Sodré, na época com mais de 90 anos, ele me contou o seguinte: que não dava para saber a previsão antecipadamente de muitos dias. Que dava para prever o tempo do dia, ou no máximo, do dia seguinte. Como fazia isso: ia até a praia, olhava para o mar, para saber as condições da maré e das ondas; avaliava as condições do vento, através da brisa a beira mar e das nuvens, antes de fazer a previsão. E, era batata, “hoje, não vai chover”. E, não chovia. Boa parte dos caiçaras, os mais antigos, é capaz até de saber se o mar “está ou não para peixe”, ou seja, se vale sair para o mar para pescar ou não. Seu Sebastião Sodré, de família tradicional do bairro de Massaguaçu, faleceu há um ano e meio atrás, aos 99 anos de idade. Recordo que ele foi homenageado pela Fundação Cultural, pela sua estória de vida. Lembro dessa estória porque os donos de hotéis vivem reclamando da previsão do tempo feita pelas TVs. Nem sempre a  previsão  divulgada pelas emissoras não se concretiza. Os hoteleiros ficam irritados e com razão. Se a previsão é de chuva para o fim de semana e é divulgada nos jornais de sexta-feira, gera prejuízo certo para os hoteleiros, pois o turista não viaja para o litoral com chuva. Ele, o turista, não gosta de jogar dinheiro fora....Seria legal os próprios hoteleiros repassarem para as emissoras a previsão do tempo feita pelos nossos velhos e experientes pescadores. Seria legal saber qual previsão é a mais correta. As TVs também poderiam fazer a consulta e checarem com as feitas pelos  institutos especializados, principalmente, ás vésperas dos feriados prolongados...       

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Preso assassino de Vera Sales.


POLÍCIA

 

         Preso assassino de Vera Sales.

 

Foi preso em uma cidade do Paraná, Luciano da Costa Almeida Lima, acusado de ser o autor da morte de Vera das Graças Madureira Sales, de 64 anos, de tradicional família caraguatatubense, ocorrida há dois anos. Luciano encontrava-se foragido desde o dia do crime, 3 de fevereiro de 2012. Na época do crime, a família procurava por Vera há três dias e havia suspeita de um possível seqüestro. O corpo dela acabou sendo encontrado dentro de um baú, devido ao forte mau cheiro. O baú estava num quarto pouco utilizado por Vera, onde ficavam objetos que a família não utilizava. Ela teria sido morta com pancadas na cabeça por Luciano, ex-marido de sua empregada. Vera teria sido assassinada porque teria encorajado a empregada a denunciar o ex-marido à polícia pelas seguidas agressões que ela sofria dele. Vera preocupada com as agressões levou a empregada para morar com ela. Luciano deve ser transferido para Caraguatatuba. A partir da prisão dele a polícia pretende esclarecer com detalhes o crime e a possível participação de outras pessoas no assassinato de Vera.   

 

COMÉRCIO LEGAL

 

       Programa ajuda comerciantes em Caraguá.

Muito legal a iniciativa do prefeito Antonio Carlos da Silva em lançar o programa “Comércio Legal” , em Caraguá. Trata-se de uma boa oportunidade para os comerciantes da cidade se regularizarem com a prefeitura e outros órgãos. Poucos sabem, mas muitos comerciantes enfrentaram dificuldades burocráticas para se regularizarem. A prefeitura quer facilitar a vida desses comerciantes. O programa foi lançado esta semana em solenidade ocorrida na Fundacc, com a presença do vice-prefeito Júnior e secretários. O objetivo principal do programa é regularizar os estabelecimentos comerciais e empresariais e instituir o alvará provisório de funcionamento. Para isso, foi instalado desde o último dia 3 um posto de pré-atendimento no Paço Municipal para centralizar o processo de emissão de alvará e possibilitar a ida do comerciante em apenas um local. Cerca de 2.500 estabelecimentos devem ser regularizados, dos 5 mil existentes na cidade. O comerciante interessado em regularizar o seu comércio deverá procurar a prefeitura. O comerciante obterá um alvará provisório por 90 dias, até que apresente toda a documentação necessária para regularização de seu estabelecimento. O  alvará definitivo será liberado a partir do momento que apresentar toda documentação solicitada e não apenas os protocolos. É considerado irregular o comércio que está aberto sem alvará de funcionamento, ou aquele que possui o alvará definitivo sem o devido pagamento da taxa anual. Segundo a secretaria de Fazenda, também estão irregulares as empresas com Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) vencido. - Quem não se regularizar agora, pode ser multado em até 500 VRMs que no dia de hoje R$ 1.295,00. O programa é permanente. O comércio está sendo notificado para tomar ciência do programa, e terá 45 dias após a notificação para apresentação da documentação e abertura do processo de regularização.

Serviço

Programa “Comércio Legal”

Informações: (12) 3897-8202 ou fazenda@caraguatatuba.sp.gov.br

 

SERVIÇO BANCÁRIO

 

Banco vai abrir apenas 4 horas na Copa.

Comerciantes devem ficar espertos durante a Copa do Mundo: nos dias dos jogos do Brasil, os bancos vão funcionar por somente 4 horas, ao invés das 5 horas regulamentares. A decisão foi anunciada ontem pelo Banco Central. Por isso, é bom ter atenção aos horários e às datas. O aviso da mudança de horário deve  ser afixado nas agências com antecedência mínima de dois dias úteis.

Jogos

A Seleção Brasileira estreará  na Copa em 12 de junho, uma quinta, às 17 horas, contra a Croácia, em São Paulo. Ainda pela primeira fase, em 17 de jun ho, que cairá numa terça- feira, a Seleção jogará contra o México em Fortaleza, às 16 horas. Em 23 de junho, uma segunda-feira, a  última partida pela fase de grupos do Mundial será contra Camarões, em Brasília, às 17 horas.