Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de abril de 2016

Via Orla


Investimento

 

Jumper! Cursos e idiomas será inaugurada amanhã em Caraguá.

 

Será inaugurada amanhã, quarta-feira, a Jumper Profissões e Idiomas, que fica na avenida Castelo Branco, 151, em Caraguá. A Jumper vem com objetivo de oferecer qualificação, capacitação e cursos de idiomas para nossos jovens, adultos e idosos. Acreditamos em Caraguá e principalmente, que iremos vencer a crise, qualificando e capacitando nossos jovens e adultos para o mercado de trabalho. São mais de 400 cursos, presenciais e online com preços que atendem a nossa realidade. Apesar das dificuldades impostas pela crise que afetam diretamente o mercado de trabalho, acreditamos que o empresariado e o comércio de Caraguá e do Litoral Norte continuarão investindo buscando mão de obra cada vez mais qualificada. Milhares de pessoas estão em busca de emprego em nossa região. As vagas serão preenchidas por aqueles que estejam melhor qualificados e capacitados. Esse é o objetivo da Jumper: formar e qualificar a mão de obra para a nossa região. Venha conhecer os cursos oferecidos pela Jumper. Temos certeza de que você irá aproveitar essa oportunidade. Oferecemos cursos na área da saúde, tecnologia, administração e negócios e idiomas. Como disse antes, são mais de 400 cursos. Temos certeza de que um deles poderá ajudar você a dar um salto para novas conquistas em sua vida. A Jumper é um investimento importante para a nossa região. Saiba mais através do site www.jumpercursos.com.br

 

Política

Felipe Augusto lidera pesquisa em São Sebastião.

 

O meu amigo Zaidan, do Sistema Costa Norte de Comunicação, fez a primeira pesquisa de intenções de voto em São Sebastião. E, sem surpresa nenhuma, deu Felipe Augusto(PSDB) em primeiro lugar. Felipe Augusto, genro do prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, vem realizando um bom trabalho e conquistando cada vez mais apoios em São Sebastião. Nas eleições passadas(2012) deu muito trabalho para o Ernani, atual prefeito e para o ex-prefeito Juan Pons Garcia. Bem relacionado com o governador e com os caciques do PSDB, Felipe Augusto tem tudo para se eleger em outubro deste ano.  

A pesquisa foi feita pela empresa Perfil Pesquisa de Opinião Pública e Consultoria Ltda, nos dias 9 e 10 de abril. Foram 400 moradores/eleitores. Em respostas estimuladas Felipe Augusto lidera com 24% dos votos; em segundo vem o ex-prefeito Juan Pons Garcia(PMDB), com 21,5% dos votos; em terceiro, Wagner Teixeira(PP) com 20,5%; em quarto, Dr. Aldo, com 6%; em quinto, João Amorim, com 5,5%; em sexto, Luizinho Faria, com 2,5%. Um total de 18% dos consultados ainda está indeciso, sem saber em quem votar.

Felipe Augusto também lidera nas respostas espontâneas: Tem 14,5%; Juan Garcia, tem 11%; e, Wagner Teixeira, tem 10%. Na intenção de voto para prefeito(estimuladas) envolvendo apenas os três principais pré-candidatos Felipe Augusto também lidera. Felipe tem 26% dos votos; Juan Garcia tem 24% e Wagner Teixeira tem 23% dos votos. Neste contexto, envolvendo apenas os três principais candidatos: 27% dos consultados se mostraram ainda indecisos em quem votar em outubro.  

Com relação a rejeição: Juan Pons Garcia tem 18%; Felipe Augusto 14%; Wagner Teixeira 11%; Amorim 7%; Luizinho Faria 3,5%; e, Dr. Aldo 2,5%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral SP-00580/2016.   
 
 
 
Ilhabela
 
      Colucci indica Lídia Sarmento para sua sucessão.
 O prefeito de Ilhabela Toninho Colucci escolheu a secretária de Educação, Lídia Sarmento, para disputar a sua sucessão em outubro deste ano. Será a primeira disputa eleitoral de Lídia. Colucci escolheu sua secretária de Educação devido ao excelente trabalho desenvolvido por ela a frente da secretaria. Lídia tem tudo para repetir nas urnas o sucesso de Nice Signorine,  que das salas de aula se tornou excelente prefeita em Ilhabela e, sempre muito bem lembrada pelos moradores. Colucci vinha analisando vários nomes, mas surpreendeu à todos com a escolha de Lídia. Se tiver o apoio de todos os partidos de sua coligação, Lídia Sarmento tem tudo  para se eleger em outubro. Estão apoiando Colucci em Ilhabela os partidos: PPS, PSB, PRB, PC do B, e DEM. Devem aderir na campanha de Lídia: PV, PEN e PSD. O nome do candidato a vice de Lídia ainda não foi anunciado.  
 
 
 
 

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Via Orla


Justiça


Decisão da Justiça Federal cancela licenciamento ambiental do Porto de São Sebastião
 por Ricardo Anderáos

A Justiça Federal emitiu sentença cancelando a licença ambiental para ampliação do Porto de São Sebastião. A decisão, publicada no diário oficial desta segunda-feira, 18 de abril, determina a busca de “alternativas locacionais e tecnológicas que afastem a intervenção no Manguezal do Araçá”. Também exige novo estudo de impacto ambiental para realização da obra, que leve em conta os impactos cumulativos do porto com outros mega-empreendimentos em curso no litoral norte.
A sentença de 70 páginas, assinada pelo juiz federal Ricardo de Castro Nascimento, dá especial destaque às pesquisas científicas realizadas pelo Centro de Biologia Marinha da USP, que tem no Manguezal do Araçá seu laboratório, um dos principais centros de investigação marinha da América Latina. Como afirma o juiz, “nossa Constituição consigna o tratamento prioritário em apenas duas hipóteses de políticas públicas: a ciência e tecnologia e o tratamento ao menor e ao adolescente (…) O Manguezal do Araçá é local privilegiado de pesquisa científica e deve ter tratamento prioritário do Estado”.
“O movimento contra a ampliação do porto, integrado pela comunidade local, a academia, as entidades ambientalistas e nos últimos anos também os Ministérios Públicos Federal e Estadual, tem nesta sentença sua mais expressiva vitória desde o início em 2009”, afirma Georges Henry Grego, vice-presidente do Instituto Ilhabela Sustentável.
A decisão, da primeira vara da Justiça Federal em Caraguatatuba, valida assim os dois principais argumentos do movimento ambientalista contra a obra e dá ganho de causa ao Ministério Púbico Federal e ao Ministério Público do Estado de São Paulo, autores da ação. Perdem o Governo do Estado de São Paulo, que através da Companhia Docas de São Sebastião pretende impor seu projeto de porto à comunidade, e o IBAMA, órgão ambiental federal que concedeu a licença ambiental. Cabe recurso à segunda instância da Justiça Federal, em São Paulo.
A sentença destaca o valor inestimável do Araçá, afirmando que “é preciso afastar o preconceito contra o manguezal como local fétido e insalubre (…) O Código Florestal definiu manguezal, e não apenas mangue como área de preservação permanente. A proteção é de todo o ecossistema e não apenas da vegetação”. O juiz ainda lembra que a comunidade científica rechaçou o projeto do porto com unanimidade e veemência.
“De acordo com a definição legal, a doutrina científica e a normatização do Sistema Nacional do Meio Ambiente, todo o ecossistema do manguezal do Araçá deve ser considerado área de preservação permanente, principalmente o fluxo de maré diário, principal responsável pela rica biodiversidade do local. Considerar apenas a vegetação de mangue como área de proteção é desconhecer todo o conhecimento científico acumulado e toda legislação ambiental”, afirma a sentença.
O vice-presidente do Instituto Ilhabela Sustentável vê na decisão um impacto que vai muito além das discussões sobre a ampliação do porto. “Esperamos que a sentença represente um avanço no sentido de que outros empreendimentos não sejam definidos em gabinetes, distantes das realidades locais e desconsiderando as profundas alterações ambientais e sociais que impactam negativamente na qualidade de vida da população”, afirma Georges Henry Grego.

Via Orla

Aniversário

                        Caraguá comemora 159 anos.



Caraguatatuba conhecida carinhosamente como “Caraguá” comemora hoje, quarta-feira, 159 anos. A cidade passou por momentos muitos difíceis ao longo de sua história, entre elas, um surto de febre amarela e uma catástrofe natural. Sempre se superou graças a garra de seus moradores. Hoje, ao completar 159 anos Caraguá vive uma realidade diferente. Deixou de ser o “patinho feio” da região para se transformar na cidade de melhor infraestrutura, boa parte dela garantida pelo prefeito Antonio Carlos, que infelizmente, deixará a administração ao final deste ano. Todos concordam que existe uma Caraguá “antes” e outra Caraguá “depois” do Antonio Carlos, tamanha as benfeitorias feitas por ele.   
A cidade cresceu, se desenvolveu, mais infelizmente, ainda não conseguiu se definir se é uma cidade turística ou uma cidade comercial (o centro comercial do Litoral Norte). Apesar de ser uma cidade balneária, ou seja, situada a beira mar, Caraguá tem tido dificuldades em atrair turistas, mesmo contando com uma excepcional infraestrutura urbana. Tenho notado, que apesar dos investimentos feitos pelo prefeito Antonio Carlos, em shows e eventos, entre eles, gastronômicos, a cidade tem atraído poucos turistas. Os veranistas, aqueles que possuem casa de veraneio na cidade, adoram Caraguá. Um dos motivos é a infraestrutura que além de garantir uma melhor qualidade de vida (asfalto, saneamento básico, pontes de concreto, iluminação, orla...) valorizou e muito os imóveis.

O turismo é (e sempre foi) naturalmente a nossa grande fonte de renda e de emprego. Nos últimos anos, temos notado que cidades como Ubatuba(que deixa muito a desejar na questão da infraestrutura), Ilhabela e a costa sul sebastianense continuam atraindo muito mais turistas do que Caraguá. O motivo: praias. Quem vai para cidade a beira mar vai em busca de praia, mar e sol, assim como, quem vai para a serra, vai em busca de frio. Caraguá tem poucas opções de praias: Martim de Sá, Prainha, Mocóca, Capricórnio, Cocanha, Massaguaçu e Tabatinga. As demais cidades da região oferecem muito mais opções.

Como mudar isso? Não seria fácil. A Tabatinga tem parte dela privatizada. O Capricórnio, mesmo não sendo ideal para banho, por causa das condições da praia, tem acesso restrito aos carros por parte dos moradores. A praia do Centro e do Indaiá vivem comprometidas pela qualidade da água. Seria interessante evitar a privatização das praias. No caso do Capricórnio, parece que, no passado, os vereadores autorizaram o fechamento da via da orla. Isso teria que ser revertido, não sei como...

Outra medida, seria o prefeito, que foi o responsável direto pela ampliação da instalação da rede de coleta e tratamento de esgoto no município, obrigar a Sabesp a viabilizar saneamento básico nos bairros periféricos, entre eles, o Gaivotas e o Rio do Ouro, para que a poluição evitasse chegar a praia do centro. Sem poluição, as praias do Centro e Indaiá podem se transformar em um atrativo e tanto para os turistas, principalmente, aqueles que se alojam nos hotéis da região central e todos os dias “pegam” a estrada para curtir praia em Ubatuba e São Sebastião. Esses turistas, quando se deslocam para as cidades vizinhas, deixam de gastar seu dinheiro no município. Aqui, fica só o dinheiro da diária do hotel e do combustível.  Nos feriados prolongados, os turistas perdem muito tempo nas estradas. Se eles pudessem curtir uma praia por aqui, é evidente, que permaneceriam por aqui.

Outro detalhe interessante: Caraguá tem muita pouca divulgação lá fora. Ilhabela tem outdoor no aeroporto de Cumbica; Ubatuba tem outdoor na avenida Paulista; São Sebastião participa de todas as feiras de turismo. É claro que a gente “perde um pouco” na disputa com as belezas naturais das cidades vizinhas, mas temos muitas coisas para atrair os turistas. No passado, o Antonio Carlos me falava que não adiantava investir em divulgação enquanto a cidade não tivesse uma infraestrutura adequada. Concordei. Hoje, ou melhor há alguns anos, a cidade possui uma infraestrutura invejável, como disse antes, graças ao próprio prefeito. Tá na hora de investir em marketing pesado, apesar do prefeito não gostar muito disso. A hora é agora, caso contrário, na disputa turística com as demais cidades da região, poderemos voltar a ser uma “cidade de passagem”, apesar da bela infraestrutura.

Marketing é vender o nosso peixe. Mostrar a qualidade de nossa cidade. Mostrar o potencial de nossos restaurantes e hotéis. Mostrar nossas belezas naturais: Pedra da Freira, Pedra do Jacaré, Morro do Santo Antônio, Rio Juqueriquerê, Lagoa Azul, areia monazítica da Mococa, o parque estadual da Serra do Mar, a Praia Brava...E, tem mais, explorar nossas atrações como o sorvete tradicional da Sorveteria Sérgio, o “Azul Marinho”, do Caiçaras, o Teatro Mário Covas, a bandinha municipal, as atrações culturais da Fundacc, a praça sensorial, a visita ao Santo Antonio, nossas orlas maravilhosas...e, por aí afora...Tem que melhorar o acesso aos nossos pontos turísticos e divulgar tudo isso, muito bem divulgado.  
   
O Antonio Carlos transformou nossa cidade. Melhorou tudo que podia: educação, saúde, esportes, cultura e a infraestrutura. O prefeito tem uma verdadeira adoração por nossa cidade. E, ela, por ele. O pessoal do turismo tem boa vontade e trabalha para criar e executar um Projeto de Turismo. Chegou a hora de tratar ao turismo com profissionalismo: contratar uma empresa especializada para “divulgar” Caraguá. Trata-se de marketing puro. Marketing empresarial, vender nosso turismo como se fosse um produto “Coca Cola”. Temos que mostrar que Caraguá tem atrações diversificadas o ano inteiro, faça chuva ou faça sol...Nisso poderia e, deve haver, parceria com a Associação Comercial, com a Associações de Hotéis e demais associações...

O calendário das secretarias de Turismo, Fundacc, Sepedi e Esportes oferecem inúmeras atrações ao longo do ano. Sem divulgação lá fora, pouca gente vem para cá. São atrações muito bem feitas, como por exemplo, os shows de Verão, o Caraguá à Gosto, os festivais do Camarão, Tainha e do Mexilhão. Tudo feito com muito carinho e investimento público, mas em sua maioria, eventos frequentados por moradores de nossa cidade e muito pouco turistas e veranistas, justamente, por que a divulgação lá fora, deixa muito a desejar. Tá na hora da gente mudar isso. Turismo é a nossa principal fonte de renda e de empregos. Nosso comércio vive e depende do turismo. Nossos moradores dependem do turismo para terem acesso ao emprego.


Muita gente tá preocupada com os contornos. Temem que com os contornos os turistas e veranistas de outras cidades deixarão de frequentar ou passar por aqui. Os contornos vão garantir melhor qualidade de vida para os moradores. Acredito que o comércio central não será afetado. Todos que chegam por aqui pela primeira vez ficam encantados. A maioria, no entanto, desconhece as atrações de nossa cidade. Se com a divulgação pudermos mostrar o que temos de legal, mais e mais gente virá para cá. Podem ter certeza. Quem nos visitar verá o quanto nossa cidade evoluiu, principalmente, a partir das administrações do Antonio Carlos.  E, principalmente, como nossa cidade tem inúmeros atrativos. Os turistas vão aumentar e, retornar, sempre que puderem. Parabéns Caraguá.          

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Via Orla

Cidades

Caraguá ganha um belo presente de aniversário: o CIAPI.

CIAPI, na av. Jorge Burihan. 

Caraguá completa 159 anos na próxima quarta-feira. Todos os anos no período do aniversário da cidade, o prefeito Antonio Carlos, aproveita para inaugurar suas principais obras. Este ano, não está sendo diferente. Na manhã desta segunda-feira, o prefeito inaugurou o CIAPI( Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso), uma de suas obras mais importantes para Caraguá. A cerimônia contou com a presença de várias autoridades e representantes da comunidade. 

O prefeito sempre se preocupou com os idosos e deficientes, prova disso é a SEPEDI(Secretaria da Pessoa com Deficiência e do Idoso), que sob o comando da secretária Ivy Malerba, há quatro anos, tem feito um dos trabalhos mais sérios, se destacando a  nível regional, estadual e até nacional. O CIAPI é uma espécie de “creche” para pessoas idosas e para os deficientes. É um avanço sensacional no trato com essas pessoas. Em Caraguá, a população de idosos é grande e cresce anualmente com a chegada de de pessoas aposentadas que escolhem a cidade para morar devido a infra-estrutura deixada pelo Antonio Carlos.  

Veja: o CIAPI, que recebeu o nome de “Carlos Antonio da Silva”, em homenagem ao pai do prefeito, funcionará de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas, oferecendo aos idosos e deficientes, uma estrutura de fazer inveja: atividades sociais, educacional, cultural, de esporte, lazer e saúde. Além de promover a garantia de direitos, o desenvolvimento de habilidades, a funcionalidade humana, o envelhecimento ativo e a participação social.  O CIAPI será gerenciado pelo Instituto Lucas Amoroso (ILA).
O Projeto divide-se em dois serviços específicos – o Centro Dia e o Centro de Convivência, que funcionarão de segunda a sexta, das 8h às 17h.
Centro Dia – É destinado a ofertar o serviço da Proteção Social Especial, proporcionando atenção integral, cuidados básicos e promoção da qualidade de vida, preservando os laços familiares e comunitários para 100 usuários/mês com perfil de semidependência e vulnerabilidade social, entre idosos e pessoas com deficiência acima de dezoito anos.
Os principais objetivos do Centro Dia são o de prevenir situações de risco social; evitar o isolamento; fortalecer vínculos familiares; atender necessidades básicas e ofertar cuidados básicos, possibilitando autonomia, entre outras.

Podem usufruir do serviço, pessoas cuja renda familiar não ultrapasse a três salários mínimos ou a renda individual do usuário ser inferior a dois salários mínimos.
O Centro Dia contará com a assistência de profissionais da área de enfermagem, serviço social, fonoaudiologia, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, medicina, entre outros.
Segundo a Secretária Ivy Malerba, o encaminhamento ao Centro Dia será realizado pela secretaria de Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso em parceria com a rede Socioassistencial e de Saúde do Governo Municipal e também Ministério Público, pois o objetivo é atender as pessoas que mais precisam e que já se encontram em monitoramento.

Centro de Convivência - É um espaço de atividades integradas, que estimula a convivência e a socialização, com o propósito de contribuir para um processo de desenvolvimento e habilitação ou reabilitação das funções humanas e da vida saudável, autônoma e ativa.

Com capacidade de atender mil pessoas por dia, entre idosos e pessoas com deficiência acima de dezoito anos e com condições de independência e autonomia, os usuários poderão usufruir das práticas de esportes como hidroginástica, academia, vôlei, basquete, bocha, aulas de informática, culinária, dança sênior, dança circular, tai chichuan, ginástica, música, coral, artesanato, teatro, artes, zumba, jogos (xadrez, dama, dominó, baralho), assim como usufruir de espaços como a sala de leitura, de cinevídeo e de estimulação cognitiva, onde poderão participar de oficinas da memória e jogar vídeo-game.

Para frequentar o espaço, os interessados devem apresentar condição de saúde satisfatória, atestado pelo médico e realizar a matrícula conforme a disponibilidade de vagas. Os prédios do CIAPI e da SEPEDI estão localizados na Avenida Jorge Burihan, bairro Jardim Jaqueira, nº 30 e nº 10, respectivamente.


quinta-feira, 14 de abril de 2016

Via Orla


Economia

 

Estudo da ANP prevê ampliação do Tebar em São Sebastião.

 

Um estudo apresentado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) ontem, dia 13, que trata da dependência nacional de combustíveis, informou que, caso o país continue a importar petróleo será necessário ampliar a capacidade dos portos de São Sebastião, Itaqui(MA) e Suape(PE) e ainda a construção de novos terminais no Pará, Ceará e Santa Catarina.

O estudo apresentou duas opções para atender a demanda: a construção de novas refinarias ( uma no Maranhão para abastecer o Nordeste e outra no Triângulo Mineiro para abastecer o Centro-Oeste) ou investimentos nos terminais de São Sebastião, Itaqui e Suape. A segunda opção é a mais prevista pela ANP uma vez que a Petrobras anunciou que vai centralizar seus recursos no pré-sal e por sua vez, as empresas privadas alegam que não há segurança para investir em refino no país.

O Brasil importa atualmente cerca de 300 mil barris por dia. Até 2030 as importações de petróleo podem chegar a 1,2 milhão de barris/dia. O Tebar, em São Sebastião, é o maior terminal da América do Sul, responsável por 50% do volume de petróleo processado no país. Caso sejam feitos novos investimentos e ampliação do terminal, o Tebar que movimenta cerca de 660 mil toneladas anuais pode passar a movimentar 27 milhões de toneladas por ano. O aumento da movimentação de petróleo e derivados no Tebar poderá aumentar ainda mais o caixa das prefeituras, que com isso passariam a receber mais royalties da ANP.

   

terça-feira, 12 de abril de 2016

Via Orla


SHOW

Virada Cultural em Caraguá terá Otto e banda Dona Zaíra.

 

Otto e Dona Zaíra vão se apresentar em Caraguá na Virada Cultural Paulista 2016. A programação da 10ª Virada Cultural foi definida ontem, segunda-feira, em São Paulo. Na Virada Paulista, o Estado contrata as apresentações e os municípios fiucam com a infra-estreutura. Os shows serãorealizados dia 28 e 29 de maio em Caraguá, com entrada franca.

Otto, ex-percussionista da primeira formação da Nação Zumbi e Mundo Livre (com quem gravou os dois primeiros discos), nasceu em Belo Jardim no Agreste Pernambucano. Otto é descendente de holandeses e índios. Saiu de Pernambuco em 1989 para passar dois anos na França, tocando percussão nas ruas e metrôs de Paris. Na volta, aportou no Rio de Janeiro, depois, foi para o Recife, quando conheceu duas pontas de lança do movimento mangue beat: Chico Science e Fred Zero Quatro..

Nessas idas e vindas, absorvendo as correntes, nascia seu estilo. Sempre embalado pelo som de influências locais (não só do Recife como de todo o Brasil), começou a interessar-se pela música eletrônica.De Recife foi para São Paulo.Foi saudado pela imprensa como autor de um trabalho inventivo e estimulante, numa colagem de maracatu com drum´n´bass, forro com rap.Seu disco foi escolhido pelaAssociação Paulista de Arte como o melhor de 1998. A partir daí se transformou num sucesso nacional e internacional.  

O cantor foi casado por sete anos com a atriz  Alessandra Negrini, com quem tem uma filha, Betina. O processo de separação da atriz inspirou a composição do álbum Certa Manhã Acordei de Sonhos Intranquilos, de 2009, considerado o melhor disco da sua carreira. Atualmente, vive com sua namorada, a também atriz Amanda Lira, em uma casa no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro. Tem nove discos lançados. E,pela primeira vez, se apresentará em Caraguá.

A banda Dona Zaíra saiu de Piracicaba para conquistar o Brasil, depois de sua participação em programa de sucesso da TV Glogo.Pés nas raízes  e cabeça antenada em todos os universos musicais.  Assim se define a banda. Dona Zaíra, que comemora 10 anos de estrada  com a turnê “Das Antenas às Raízes”, depois de  03 discos lançados e uma participação de destaque no programa SuperStar, da Rede Globo. Formada por Beibi (zabumba e vocal), André (sanfona), Diego (triângulo), Rafinha (cavaco), Matheus (contrabaixo) e Maicon (percussão e viola), a banda estreia o novo show, cantando músicas autorais e fazendo releituras das suas maiores referências musicais. Sempre guiados pela mistura e inovação característicos da sua identidade, o grupo abraça todos os públicos e tem como objetivo deixar a todos dançando: seja em pares ou solo! Usando o traje de astronauta, que  sintetiza  a mistura da raiz com a modernidade, a sonoridade da banda surpreende com o uso da distorção no cavaquinho, efeitos na sanfona e influências variadas,  começando  na  raiz  do  forró  e  caminhando  por  gêneros  como  carimbó,  música eletrônica, cúmbia, rock´n´roll, tropicalismo, hip hop, maracatu e coco-de-roda. O  disco  mais  recente,  #AntenaseRaízes,  teve  seu  lançamento  nacional  e  internacional  em 2014,  com  shows  por  todo  o  Brasil  e  em  09  shows  na  Europa,  além  da  distribuição  nas principais plataformas digitais da internet. A banda tem 4 clipes lançados, que foram destaque em grandes portais de comunicação como Catraca  Livre  Uol,  ShowLivre.com,  Musicoteca  Uol,  entre  outros,  e  conta  ainda  com participação frequente em eventos da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (Viradas Culturais  2009,  2010,  2011,  2012,  2013;  Revirada  Cultural  2011;  Circuito  Cultural  Paulista 2012). Em 2012 participou da programação musical do Rio + 20, além de ser selecionado para o Circuito SESI Música 2013 e realizar sua primeira turnê pela Europa, patrocinada pelo MINC através do Edital Federal “Intercâmbio Cultural”.

 

Gastronomia

 

Ubatuba terá workshop de culinária natural

Acontece em Ubatuba, no sábado, dia 30 de abril, o Workshop de Culinária Natural Viva e Desintoxicante. A proposta é introduzir a culinária vegetariana(semcarne, ovos, leite, mel e outros derivados) e ao Veganismo(modo de vida que respeita os animais. Haverá certificado e palestras, entre elas, com a nutricionista esportiva Nídia Costa. O workshop acontecerá no Espaço Terra Viva, das 13 às 18 horas, as inscrições custam R$90,00 e podem ser feitas através do site cursoissopode@gmail.com.

 

Estudantes

Ubatuba vai sediar encontro de estudantes negros e negras.

A União Estadual de Estudantes em parceria com a União Nacional dos Estudantes e o Núcleo de Consciência Negra da PUC-Campinas realiza no próximo fim de semana, dias 15,16 e 17, na Praia da Caçandoca, em Ubatuba, o 1° Encontro de Estudantes Negros e Negras do Estado de São Paulo. O encontro será na praia da Caçandoca onde existe um dos mais tradicionais comunidades quilombolas do país. As inscrições custam R$ 30,00 e podemser feita através do site www.ueesp.org.br.

 

sábado, 9 de abril de 2016

Via Orla


Notas do Litoral Norte

 

Parceria

Príncipe Albert II de Mônaco esteve na última segunda-feira em São Paulo de um evento para promover o desenvolvimento da aquicultura como um dos pilares da "economia azul". O monarca inaugurou no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado, a sétima edição da Monaco Blue Initiative (Iniciativa Mônaco Azul), que reúne especialistas de todo o mundo no tema e da qual Albert II é o fundador.

No encontro realizado no Palácio dos Bandeirantes, o prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, aproveitou a oportunidade para oferecer sua cidade para projetos desenvolvidos por Albert II. A iniciativa de Antonio Carlos foi elogiada pelo governador Alckmin, que em seu discurso, dedicou quase 10 minutos para destacar a atuação do prefeito de Caraguá.   

Através do Instituto Oceanográfico da Fundação Alberto I e da Fundação Albert II, o monarca defende a aquicultura como ferramenta de desenvolvimento sustentável para consolidar a "economia azul", que complementa a "economia verde". A "economia azul" é um conceito aplicado nas empresas para tornar os ecossistemas naturais mais eficientes em termos de produção de bens e serviços, com responsabilidade compartilhada e respeito as gerações futuras.

A sétima edição do evento teve como tema "Sustainable Aquaculture at the heart of Blue Economy" (Aquicultura sustentável no coração da economia azul) e nela foram abordados os desafios enfrentados pela pesca em nível mundial, com ênfase no Brasil e nos demais países da América Latina.

"A aquicultura deve avançar com sua reestruturação, limitar seus excessos e adotar uma visão mais ampla", além de "contribuir para a redução de emissão de gases causadores do efeito estufa" e "ser uma aliada na preservação da biodiversidade", afirmou, em comunicado, a organização do encontro. Fonte. Portal Terra.

 

Estradas

Tá muito complicado andar pela rodovia dos Tamoios. As obras tão aceleradas e quase que diariamente são feitas interrupções na rodovia. A assessoria de Imprensa da Tamoios tem informado direitinho à imprensa sobre as interrupções, mas mesmo assim, as vezes os motoristas são pegos de surpresa em operações pare e siga. Na segunda, dia 11, será feita uma operação para detonação de rochas no km 59 da Rodovia dos Tamoios, em Paraibuna (SP). Com interdição total das pistas nos dois sentidos de tráfego, a ação está prevista para ocorrer das 15h às 15h30. A detonação de rochas é necessária para o prosseguimento de obras na rodovia. Durante a execução da operação, o tráfego no trecho será interditado nos seguintes pontos: Pista sentido Litoral – km 58 (no dispositivo de retorno). Pista sentido São José dos Campos – km 60 (próximo à base de serviço operacional).

 

Royalties 

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, presidente da Amprogas (Associação dos Municípios Produtores de Gás e Petróleo), esteve na última sexta-feira (8/4) na seda da ANP (Agência Nacional de Petróleo), no Rio de Janeiro, para cobrar explicações sobre o não pagamento de royalties para alguns municípios. No ano passado, os municípios do Litoral Norte receberam R$ 325.488.128,37 de royalties. Ilhabela recebeu 157.732.045,12; São Sebastião, R$ 85.629.731,27; Caraguatatuba, arrecadou R$ 80.218.573,46; e, Ubatuba, recebeu R$ 1.907.778,52. Colucci aproveitou a reunião para saber sobre o início da produção e extração de petróleo do Poço de Lapa. Isto porque, na última reunião realizada em maio de 2015, ficou estabelecido como previsão o primeiro semestre de 2016.

 

Turismo

Ilhabela continua faturando alto com os navios de turismo. Segundo informou a prefeitura logo após terminada a temporada de cruzeiros, o município tem faturado cerca de R$ 30 milhões por cada temporada de escala de navios, normalmente, de novembro a abril. De 2009 a 2016, o setor injetou cerca de R$ 240 milhões na economia local, média de R$ 30 milhões/ano, sendo considerado um dos principais segmentos do turismo. Os dados são da Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Turismo, e também de levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas. O prefeito Toninho Colucci destacou a importância das temporadas de navios de cruzeiro para a cidade. “Estive recentemente na feira Seatrade, nos Estados Unidos, pois sabemos da importância desta atividade turística para nosso município e cada vez mais buscamos fortalece-la”, destacou o prefeito Toninho Colucci. “Investimos na infraestrutura da cidade, melhoramos o receptivo, e assim buscamos que o turista que chega para uma escala de algumas horas deseje voltar. Afinal, o turismo é a nossa indústria, principal gerador de empregos na cidade”, completou. Na temporada 2015-2016 foram 91 escalas, o que significa cerca de 182 mil pessoas, tendo como média de 2 mil passageiros por navio.

Educação

A pedagoga Marta Braz, diretora da escola estadual Colônia dos Pescadores, uma das melhores do Litoral Norte, está sendo cotada para assumir a Secretaria de Educação de Caraguatatuba, na vaga deixada pela professora Roseli Morilla, que retornou à capital. Marta é efetiva do estado e por isso, sua liberação para que possa assumir a secretaria municipal de Caraguá tem que ter aval do governador Geraldo Alckmin.  A documentação já está nas mãos do governador e deve liberá-la para prestar serviços ao município de Caraguá, talvez, a partir da semana que vem. A Diretoria Regional de Ensino autorizou a liberação de Marta ao município. Marta é esposa do secretário de Serviços Públicos, Sérgio Braz e é considerada uma das mais dedicadas pedagogas da região.

 

Caixa

 

Em conversa informal com amigos o prefeito de Caraguá, Antonio Carlos, afirma que pretende deixar cerca de R$ 50 milhões em caixa para o futuro prefeito da cidade. O prefeito lembra da dificuldade que teve quando assumiu pela primeira a prefeitura em 1998, com dívidas de mais de R$ 30 milhões e salários dos servidores atrasados 3 meses. Sobre o nome que será indicado por ele para concorrer nas eleições de outubro, o prefeito permanece quieto. Tudo indica que deverá indicar seu possível candidato somente a partir do dia 20 deste mês. Antonio Carlos circulou pelos bairros do Olaria e Casa Branca na última sexta-feira, ao lado do Serjão e do Verninho, sendo recebido com muito carinho pelos moradores.  

Piratas

 

Pela sexta vez “piratas” atacam no Litoral Norte. Na madrugada de sexta, pelo menos dez homens, fortemente armados, assaltaram dois bancos na Costa Sul de São Sebastião. O ataque gerou pânico à população local e resultou na morte de um policial civil e deixou duas pessoas feridas. O caso aconteceu em Boiçucanga, na madrugada desta sexta-feira (8). Segundo informações da polícia civil, os assaltantes chegaram ao local por volta das 3h30 e estacionaram dois carros roubados no meio da rodovia Rio Santos, para bloquear a passagem durante a ação criminosa. Eles explodiram os caixas eletrônicos do Itaú, localizado num centro comercial do bairro e depois tentaram explodir, sem êxito, o caixa central da agência do Bradesco. Durante o roubo, o investigador da polícia civil Marco Antonio Koscak, que saiu de São Paulo com a esposa e o enteado rumo ao litoral, acabou passando pelo bloqueio feito pelos bandidos. Ele acabou sendo alvo dos criminosos, que fizeram vários disparos contra o carro, um Honda Civic. O policial foi atingido e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local. A esposa e o enteado saíram ilesos. Duas moradoras da região, uma mulher e uma adolescente, também foram atingidas por disparos, mas tiveram ferimentos leves e não correm riscos de vida. As duas foram encaminhadas ao Pronto Atendimento do bairro. Os bandidos abandonaram os dois carros, que eram roubados e fugiram sentido litoral sul, com o uso de um barco, encontrado horas depois na praia de Juquehy. A polícia coletou impressões digitais dos carros e do barco, que podem contribuir com a identificação dos assaltantes. Não havia registro sobre roubo da embarcação, que está registrado em nome de uma mulher de Bertioga. Anteriormente, piratas atacaram em Ilhabela e bairros de São Sebastião.

Tecnologia

A Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação, abriu inscrições para as oficinas que integram programação da 3ª edição ubatubense do Festival latino-americano de Instalação de Software Livre (Flisol). O evento é totalmente gratuito e vai ocorrer no sábado, dia 16 de abril,das 9 às 17 horas, na Escola Municipal Presidente Tancredo de Almeida Neves, localizada na Avenida Rio Grande do Sul, 600 - Centro. As inscrições estão disponíveis para todas as pessoas interessadas e podem ser feitas pelo link http://flisol.ubatuba.sp.gov.br/p/inscricoes.html. Há 40 vagas por oficina, que abordarão os seguintes temas: desenvolvimento de lógica de programação, desenvolvimento de aplicativo com android, introdução à introdução à JPA - Java Persistence API, software livre e terminal linux. O objetivo do evento é divulgar e aproximar a comunidade para o entendimento do que é o software livre, que vai muito além do não pagar pela utilização de um software: “É manter o espírito livre, distribuir e compartilhar conhecimento”, explica acoordenadora de Gestão de Tecnologia da Informação, Emmanuele de Moura Peres. O Flisol se realiza tradicionalmente em toda a América Latina no último sábado de abril. Neste ano, no Brasil, devido ao feriado de Tiradentes, o evento acontecerá no dia 16 de abril. “O Flisol é sempre uma boa oportunidade para reunirmos os jovens e interessados em tecnologia e discutirmos a importância dela para o desenvolvimento de nossa cidade”, destaca Pedro Seno, secretário de Tecnologia da Informação de Ubatuba. Mais informações pelo telefone (0xx12) 3834-1038.